1

É isso?


0

Mãe

O seu valor, excede aos nobres rubis. Suas orações, são mais valiosas que diamantes.
Hoje, ao acordar, vi que o dia está mais bonito, lembrei-me de você, mãe. Uma mulher virtuosa, cheia de qualidades e de um coração acolhedor.
Mãe, você, mulher positiva, a qual seus pensamentos estão sempre elevados a Deus. Mãe, sua presença em minha vida traz motivação para o meu espírito, o qual me dá alegria e força para viver.
Você, muito mais que minha mãe, é aquela que está em todos os momentos ao meu lado, orando, jejuando e até mesmo chorando no seu culto. Suas orações, são para mim um bálsamo.
Tenho certeza que cada lágrima derramada por mim foi acolhida por um anjo, e por isso mãe, estou aqui lhe agradecendo por tudo isso e muito mais que tem feito por mim.
Obrigado mãe. Te amo.
Feliz Dia das Mães!

0

Dias das mães

Mensageira de Deus

Mãe, Você é uma pessoa forte, determinada. Você reúne cada um dos seus sonhos e tenta com sabedoria e ajuda divina realizar cada um deles. Enfim mãe, você nasceu do amor. Foi gerada num ventre de amor e é por isso que tem um coração de mãe adorada. Hoje é o seu dia! Com certeza seu coração deve estar em festa porque hoje o seu sorriso de mãe despontou como aurora. Seu rosto de mãe clareou a Terra como a Lua. E o seu olhar se tornou radiante como o Sol. Você mãe, é uma mulher bela, digna do amor do Pai. É formosa de perdão e paz. O seu zelo de mãe dá coragem e anima a vida. Seu amor é forte. Sua mãe aquece a alma. Seus braços afagam a vida. Enfim... Você é uma mulher feliz. É uma mensageira de Deus, uma mulher sábia, uma escolhida do Pai, uma filha a qual Deus confia imensas bênçãos. Por tudo isso minha mãe... Seja muito feliz nesse dia e receba o meu carinho de filha e infinita gratidão!

1

O que está dentro?

O que está dentro?
Há muito, muito tempo, numa terra distante, havia um Buda dourado. Esse ser magnífico era feito de toneladas de ouro puro e tinha a altura de dez homens.
O grande Buda estava serenamente sentado na postura de Lótus no jardim de um mosteiro, construído no alto de uma encosta que delimitava uma pacífica cidadezinha. Nesse local tão tranqüilo, eram muitos os peregrinos espirituais que permaneciam sentados, meditando aos pés do Buda dourado, contemplando as profundezas do próprio ser.
Um dia chegou ao mosteiro a notícia de que um exército inimigo, de uma cidade vizinha, estava a caminho para invadir aquele loca. Essa informação perturbou imensamente os monges, pois eles sabiam que, se aquele exército descobrisse o Buda dourado, ele seria profanado e destruído. Apressadamente, os monges reuniram-se para tentar encontrar uma maneira de salvá-lo. Depois de examinarem muitas idéias, um monge propôs que se disfarçasse o Buda. "Vamos cobri-lo com lama, pedras e argamassa", sugeriu ele. "Então, os invasores vão acreditar que a estátua é só uma escultura de pedra". A ideia foi aprovada por unanimidade, e o projeto teve início.
Os monges trabalharam com afinco durante toda a noite. Iluminados pelo místico fulgor das tochas incandescentes, todos os monges, jovens e idosos, ofereceram orações e somaram forças para salvar o Buda. Finalmente, quando começava a despontar o dia no céu oriental a última camada de concreto foi despejada sobre a cabeça do Buda. O grande Deus de ouro tinha se transformado numa estátua de cimento.
E foi bom que os monges tivessem trabalhado com tanto zelo, pois mais tarde, nesse mesmo dia, os pesados passos e o ranger das rodas do exército guerreiro invasor se fizeram ouvir na entrada da cidade. Os soldados escalaram a colina onde ficava o mosteiro e enfileiraram-se ao longo do templo. Os monges, ansiosos, espreitavam a procissão, orando com todo o fervor para que nem uma centelha de ouro brilhasse em meio ao revestimento que disfarçava o Buda. O exército passou, e os soldados mal olharam ara trás. Os monges deram um profundo suspiro de alívio - o plano tinha dado certo. O Buda passara despercebido. Assim, os monges retornaram satisfeitos às suas atividades.
Passaram-se anos, e depois de muito tempo o exército invasor abandonou a aldeia. Nessa ocasião, porém, todos os monges que tinham recoberto o Buda já tinham falecido ou saído do mosteiro. Na verdade, não restava na cidade ninguém para lembrar que a verdadeira ocupavam-se com seus afazeres, e os que olhavam para a estátua acreditavam que fosse feita de pedra.
Mas, certo dia, um jovem monge estava sentado nos joelhos do Buda, meditando. Quando ele se ergueu, ao fim das preces, apoio-se na perna do Buda, e um pedacinho de concreto despregou-se do joelho, caindo no chão. Surpreso, o monge observou que algo brilhava embaixo da pedra. Tirando os fragmentos, ele descobriu que existia um outro Buda por baixo daquele que todos contemplavam - e era de ouro!
O monge correu até o grande saguão do templo, onde os outros estavam estudando.
"Venham imediatamente", ele gritou, "o Buda é de ouro"!
Os monges largaram o que estavam fazendo e foram em bando até onde ficava a estátua. Quando viram que o monge estava falando a verdade, voltaram correndo para pegar marretas e cinzéis. Juntos começaram a retirar as pedras e a argamassa que haviam disfarçado o Buda por tanto anos. Não demorou muito para que todo o disfarce fosse removido, e o Buda dourado devolvido ao seu esplendor original.

0

O que está dentro? 2ª parte

...A história do Buda dourado é verdadeira. Hoje ele está majestosamente assentado no Templo do Buda Dourado, em Bangkok, na Tailândia, onde milhares de devotos se colocam a seus pés, encontrado refúgio na natureza áurea que há no interior de si mesmos.
Mas esta história tem um significado mais profundo. Cada um de nós é um porta-joias, uma caixa de tesouros, um vaso de barro repleto de riquezas escondidas. O Criador colocou dentro de cada um de nós um tesouro que deve ser liberado no momento oportuno. Se eu colocasse um diamante de 100 mil dólares em um saco de papel velho amassado, e o jogasse na calçada, a maioria das pessoas passaria por cima dele ou iria jogá-lo no lixo. Por quê? Porque normalmente julgamos o que está no interior do saco pelo exterior. É muito mais fácil ver a condição exterior do que o tesouro no interior. Vivemos em uma sociedade que dá maior valor às aparências do que no que as pessoas têm de autênticas. Contudo, a embalagem nem sempre expressa o verdadeiro valor do conteúdo. O embrulho pode estar amassado, rasgado ou até sujo, mas sua condição não pode, de maneira alguma, depreciar o valor da joia. Podemos achar o saco ridículo ou feio, mas, nem por isso, ele desvaloriza o tesouro que traz dentro. Por quê? Porque o valor é intrínseco e a pedra é preciosa independentemente do que qualquer pessoa possa pensar. Não cometa o erro de confundir o porta-jóias com a joia! Pois é exatamente o erro que muitos de nós cometemos. Olhamos para o que somos externamente. Podemos esconder quem verdadeiramente nós somos, mas não podemos destruir isso; quer queiramos, quer não, temos de descobrir nosso potencial e viver para ele. Chega o momento em que temos de deixar de lado nossos receios e reafirmar o desejo do nosso ?


2

Um amigo de Deus

Um amigo de Deus
Escrito por secretaria. Posted in Devocional

Ao invés de falar com Deus apenas sobre nossos problemas, precisamos falar com Ele sobre Ele, precisamos conversar com Ele sobre Quem Ele é, sobre o poder do Seu nome, o poder do sangue de Seu Filho Jesus e as grandes coisas que sabemos que Ele pode realizar e já realizou.
Depois de O louvarmos e adorarmos desta maneira, então podemos começar a mencionar o problema. Eu não gostaria de ver meus filhos me procurando apenas para conversar comigo se estivessem com algum problema – quero que eles tenham convívio comigo. Posso pensar em algumas pessoas neste momento que só me telefonam quando estão com algum problema, e isso me magoa.
Sinto que elas não se importam comigo, mas sim com o que querem que eu faça por elas, tenho certeza de que você já teve experiências semelhantes e se sente da mesma forma. Essas pessoas podem se dizer amigas, mas na realidade não são, os amigos são para as horas de dificuldade, mas não apenas para isso.
Como amigos, precisamos demonstrar apreço e passar tempo encorajando aqueles com que nos relacionamos, devemos evitar ser o tipo de pessoa que eu chamo de “recebedores” – aqueles que levam ou recebem algo, mas nunca dão. Quero ser amiga de Deus, Ele chamou Abraão de Seu amigo e também quero ser chamada assim, o Senhor não é apenas aquele que resolve meus problemas, Ele é meu tudo, e eu O amo muito mais do que consigo descrever com palavras.

Fonte: www.lagoinha.com


1

Fim de ano: final do ciclo...


Fim de ano: final de ciclo...

O tempo é o mestre dos eventos, das oportunidades, da hora de agir e de acontecer. O tempo gera a oportunidade de crescer e aprender. Cada vez que surge a chance diante de seus olhos, não permita que a indolência ou a falta de vontade interfira na hora final de acordar para um evento de suma importância da vida.
O ciclo é regido pelo universo, tem começo, meio e fim, desenvolve as idéias, cresce as metas, mas somente concretiza os sonhos aqueles que percorrem caminhos de mãos dadas com seu semelhante, ajudam o outro a andar e permanecer de pé.
Caminhe no decorrer do ano aplaudindo as oportunidades e nunca lastimando a forma que elas aparecem. Agradeça a saúde que convive com você e jamais procure sensações, perigos ou aventuras que destruam aos poucos ou de vez a beleza interna da alma, que é a alegria e a saúde física.
Alimente a gratidão e a fé a cada dia que passa em relação à força divina, à força familiar, a todos que de uma forma participaram de sua vida para encantar o que existe de melhor em você.
Final do ano, fim de ciclo, novos objetivos...
Sinta, nas suas escolhas, se realmente tem o sonho no fundo de sua alma. Se for positivo, a vida vai emprestar pessoas, lugares, situações, conhecimentos, livros, aprendizado para seguir este caminho e chegar ao fim do ano sentindo que aproveitou o máximo e os resultados foram nota dez. No entanto, se partiu pro egoísmo e não levou em conta o quanto pessoas foram pisadas e humilhadas, quantos foram deixados sem uma palavra de conforto e assim permitiu que outros fizessem o mesmo que você e ainda feliz se aliou a estas pessoas, com certeza as escolhas foram erradas, desviaram de sua meta de vida, afastaram o brilho do seu destino. A vida, sábia e mestre, bloqueou seus caminhos e fechou as portas, pois é hora de acordar, conferir, mudar e, finalmente, acertar, começar de novo e seguir no caminho do amor e da confiança, no caminho da estrela que cada um tem alojada dentro de seu coração, basta acionar o botão e deixar que o brilho permanente seja cada vez mais forte.
Hoje é o fim do ano, final do ciclo, vamos brindar com champanhe e enviar saúde, paz, amor, a todos do Planeta Terra... Felicidade é encerrar o ciclo emanando e recebendo sorrisos e aplausos. Mas, se você não atingiu este estágio, não se lastime. Na próxima hora, no próximo dia, o caminho estará livre e você, de braços abertos, vai perceber que a vida confere a todos a chance de sentir o conforto da vitória, a paz de espírito, quando o caminho, ao fim do ano, estará iluminado e ao lado de flores perfumadas abraçará cada um com um sorriso, com amor, com gratidão...
"Que Deus, ao fim deste ciclo, espalhe o aroma da afetividade e do respeito em cada ser vivo que estenda suas mãos pedindo sua proteção, iluminação em direção ao rumo certo da vida. Que assim seja em todos os lares deste planeta-casa".
Texto da mestre em energias terapêuticas-kabbalah Miriam Zelikowski

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
©Design Templates Sal da Terra HTML Base Raquel Melo